Tel: +351 279 342 847 >>> Email : geral@misericordiamogadouro.com

Um quintal para “dias dourados” sem obstáculos e com boa vizinhança

A nova estrutura residencial da Santa Casa Misericórdia de Mogadouro para idosos foi construída ao nível do solo, sem barreiras, para uma maior mobilidade dos utentes. Sobressai pela estrutura invulgar e pela qualidade de vida que pretende oferecer aos utentes.

A Santa da Casa da Misericórdia de Mogadouro vai abrir, no início do próximo ano, uma estrutura residencial para idosos. Diferente dos tradicionais lares, a nova estrutura vai ter capacidade para 52 utentes e representa um investimento de 2,5 milhões de euros.

“É uma estrutura fora do comum pela qualidade que tem para a prestação de serviços”, refere à Renascença o provedor da Santa Casa da Misericórdia de Mogadouro, João Henriques.

O equipamento foi construído “ao nível do solo”, eliminando “obstáculos” para garantir “maior mobilidade” e está concebido para que os utentes possam viver em ambiente de “vizinhança” uns com os outros. Os espaços são amplos, sem rampas ou degraus.

“Cada utente terá um espaço só para si, com varanda, e vai dispor de um pequeno quintal para poder ocupar o seu tempo livre”, explica o provedor, sublinhando que estão criadas “as condições excepcionais para que as pessoas possam usufruir dos dias dourados da sua terceira idade”.

A nova estrutura residencial de acolhimento dedicada à terceira idade vai colmatar uma “lacuna” existente num concelho de Mogadouro, onde há centenas de pessoas para entrada em lar e prevê criar cerca de 20 postos de trabalho.

 

Fonte: http://rr.sapo.pt

Views All Time
Views All Time
234
Views Today
Views Today
1

Posted by Misericórdia de Mogadouro

Misericórdia de Mogadouro

view all posts

A Irmandade da Santa Casa da Misericórdia de Mogadouro foi fundada em 1559 através de Bula do Papa Pio IV quando ainda o distrito de Bragança pertencia à diocese de Braga. Iniciou a sua actividade eminentemente social, tendo como sede um primitivo hospital, já demolido muito próximo da actual Igreja da Misericórdia.


0 Comentários

Formulário de Comentários

ir para o topo